10 Maneiras para ficar feliz o tempo todo, comprovadas cientificamente

-
A meta de qualquer pessoa é ser feliz e esta questão faz parte de todas as listas de realizações futuras, correto?!
Não é fácil ser feliz a maior parte do tempo, mas existem algumas dicas que podemos aplicar para o sentimento de felicidade ser permanente.
Abaixo segue 10 maneiras, que são cientificamente comprovadas, para atingir seu objetivo.

1. Faça mais exercício físico
É uma das resoluções mais comuns de Ano Novo, a ciência afirma que fazer exercícios é muito importante para a saúde e aumenta o nosso nível de felicidade.

2. Melhore a Qualidade de Sono
Passamos cerca de um terço de nossas vidas dormindo, então, você não pode subestimar a importância do sono para a qualidade de nossas vidas.

3. Deixe o celular de lado
Pesquisadores americanos entrevistaram mais de 500 alunos e concluíram que o uso frequente de celulares foi associada os altos índices de ansiedade e felicidade reduzida.

4. Vida social
Um dos cinco principais arrependimentos das pessoas que morrem não foi passar tempo suficiente, ou ficar em contato, com amigos e familiares. Passar um tempo maior com as pessoas que você gosta e admira é muito benéfico para o aumento da nossa felicidade e nossa qualidade de vida

5. Passe mais tempo ao ar livre
Passear no bairro, tomar um pouco de sol, caminhar perto do trabalho… enfim… crie espaço na sua agenda para passear 20 minutos ao por dia. Além de estimular o humor, a atividade amplia o pensamento e melhora a memória de trabalho.

6. Pratique a filantropia
Você pode se surpreender ao ouvir isto, mas gastar dinheiro com outras pessoas impulsiona a felicidade mais do que comprar as coisas para nós mesmos.

Não é de se admirar que a maioria dos milionários e bilionários é muito ativa na filantropia. Filantropia tem sido comprovada como gatilho para aumentar a felicidade.

7. Medite
A meditação ajuda a melhorar o foco, criatividade, atenção, calma, e… sua felicidade!

Existem várias técnicas, para todas as idades e preferências.

8. Pratique a gratidão
A gratidão é o ato de ser grato por coisas simples da nossa vida. Praticar a gratidão tem sido comprovado para aumentar a felicidade.

9. Invista seu dinheiro em experiências, não em coisas
Todo mundo sabe que o dinheiro não pode comprar a felicidade – por si só – mas se você decidir gastar dinheiro em busca de satisfação com realizações (uma viagem ou praticar um esporte radical) o retorno será maior do que gastar seu salário no shopping.

Faça o teste!

10. Pratique sua espiritualidade ou a fé
Isso não quer dizer que você precise ser religioso para ser feliz. Estudos revelaram que aqueles que creem no poder da fé são mais felizes, mesmo aqueles não seguem rigorosamente uma doutrina.

Nota adicional:
Um estudo chamado de “Harvard Grant Study” foi conduzido por um período de mais de 75 anos e concluiu:

“O amor é realmente tudo o que importa para o ser humano de ser feliz”

Conheça as regras sobre ruídos em áreas residenciais

-

Para não atrapalhar seus vizinhos quando o assunto é barulho, o bom senso é a regra da boa vizinhança. Todos os condôminos precisam conhecer a regulamentação e o regime interno do estabelecimento onde residem.

As leis são instituídas, basicamente, para criar um ambiente harmonioso entre os moradores, estabelecendo regras, obrigações e deveres que asseguram que ninguém seja incomodado pelo morador da porta ao lado.

Dentro de uma área condominial, a forma mais democrática de se definir comportamentos, horários de festas e altura de ruídos, sempre com o pêndulo decisório, será do síndico eleito para aplicar as devidas advertências e multas.

Na Lei do Silêncio, não temos previsão antirruído ou limitação por decibéis no Código Civil (CC) onde também é encontrado o artigo 1.277 que declara:

“O proprietário ou o possuidor de um prédio tem o direito de fazer cessar as interferências prejudiciais à segurança, ao sossego e à saúde dos que o habitam, provocadas pela utilização de propriedade vizinha”.

A Lei de Contravenção Penal (LCP) é bem mais rigorosa e pode enquadrar o infrator por perturbação da ordem ou do sossego, exigindo até interferência policial.

Nesta área estão as principais reclamações:

I – gritaria ou festas durante a madrugada
II – realizar trabalhos incômodos ou ruidosos
III – utilização de instrumentos sonoros ou sinais acústicos;
IV – barulho produzido por animais

Muitos acreditam que existe um horário estabelecido – 22 horas – mas oficialmente esta exigência não consta de nenhuma lei.

Quando encontrar problemas com seus vizinhos – seja uma festa, mudança nos móveis ou um eletrodoméstico barulhento no em horário inadequado – a primeira providência é fazer contato com o vizinho.

Caso o assunto já tenha ultrapassado as barreiras e o prejudicado queira recorrer à justiça, pode fazê-lo através do Juizado Especial Cível – que prescinde de advogado para demandas de até 20 salários mínimos com soluções possivelmente inferiores a seis meses.

Lembre-se que Janelas Antirruído podem ser uma ótima alternativa para evitar barulhos externos e portas antirruídos podem auxiliar muito evitar que o barulho saia de sua residência também.

Saiba usar a música e outros sons em seu benefício

 

Vamos falar sobre o uso de música e sons suaves para ajudar a controlar o estresse, a técnica pode ser utilizada em qualquer momento para relaxar.

Estudos afirmam que o uso da música e seus efeitos de cura já são utilizadas há séculos. Os antigos gregos usavam sons como uma terapia de cura e muitos pesquisadores hoje estão usando-a para tudo, de câncer a transtorno de déficit de atenção.

Benefícios da Música

A pesquisa mostrou que as ondas cerebrais respondem ao ritmo da música.
Um ritmo alegre pode trazer um estado mais alerta e ajudar na concentração, enquanto sons mais suaves e lentos contribuem para um estado calmo e meditativo. Os efeitos da música podem durar além do tempo de escuta e pode ajudar o cérebro a trocar as marchas mais prontamente quando necessário.

Junto com as mudanças nas ondas cerebrais vêm as alterações no sistema nervoso autônomo, que regula a respiração e os batimentos cardíacos.

Música calma pode retardar a respiração, frequência cardíaca e levar a redução do nível de cortisol – hormônio do estresse – e recompor o bom estado de saúde, ajudando o estímulo ao relaxamento.

A música pode contribuir para o controle da depressão, da ansiedade, ajudar a aumentar o otimismo e criatividade.

Estudos têm demonstrado que a música pode ajudar a aumentar a imunidade, reduzir a pressão arterial e aliviar a tensão muscular. Todos estes benefícios podem conduzir a um nível mais elevado de bem-estar.

Incorporando música na sua vida

Enquanto musico terapeutas podem trabalhar com indivíduos para lidar com preocupações específicas, você pode incorporar a música na sua vida em seu próprio país e desfrutar de muitos dos benefícios. A seguir estão algumas sugestões:

Use a tecnologia:
MP3 players permitem que você personalize suas escolhas musicais e ouvi-los através de fones de ouvido. Essa experiência ajuda a bloquear as distrações e permitir a concentração e a meditação. Fones de ouvido também podem ser úteis se você estiver com dificuldade de audição.

Alteração de humor:
Crie uma seleção de músicas alegres, com letras felizes e que faça lembrar bons momentos.

Como antiestresse:
Se você está tendo alguns momentos de estresse, sentimento apressado ou frenético – dedique alguns instantes para ouvir alguma música calma e relaxante. Este pode ser a voz calma de um cantor, sonatas de piano clássico, música de harpa ou hinos espirituais. Feche os olhos e se deixe levar pela música.

Seu cérebro e corpo irão responder na mesma moeda e trazer um estado mais calmo.

Exercite-se:
Todos nós precisamos nos exercitar regularmente, diariamente, se possível. Música com uma batida feliz pode ser estímulo real para que você cumpra essa rotina de exercícios. A reprodução de música durante os exercícios pode ajuda-lo a balançar o braço um pouco mais fácil, ou dar passo um pouco maior ou colocar um pouco mais de entusiasmo nos exercícios. Você provavelmente vai ter um sorriso em seu rosto quando você tiver terminado acabado.

Seja Sociável:
Compartilhar música é uma ótima maneira para estar junto dos amigos.
Cantorias, karaokê, concertos, bailes e afins unem as pessoas em torno de um tema comum e muitas vezes para relembrar os velhos tempos.

Durma bem:
Se você tiver problemas para dormir, a música pode ajudar.
Em vez de assistir ao noticiário tarde da noite antes de ir dormir, tente ouvir uma música relaxante. Você também pode tentar acalmar com CDs com sons da natureza, como pássaros, a água e os sons da floresta.

Algumas pessoas também consideram o “ruído branco” – tipo de ruído produzido pela combinação simultânea de sons de todas as frequências – útil para pegar no sono. Você pode comprar máquinas de “ruído” que tem inúmeras opções.

Ficou interessado?
Confira o vídeo abaixo:

Fonte: BLOG DO ITIO

Direitos da imagem: <a href=’https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/musica’>Música foto criado por freepik – br.freepik.com</a>