Autoridades combatendo a poluição sonora em Roraima

-

A Secretaria Municipal de Gestão Ambiental (SMGA) e da Companhia Independente de Policiamento Ambiental (Cipa) de Roraima decretou luta contra a poluição sonora e apreendeu no último final de semana, quatro equipamentos de som, mais conhecidos como ‘paredões’.

A legislação municipal determina que o nível máximo de som ou ruídos produzidos por veículos automotores comuns (carros, motocicletas ou congêneres) seja até 85 db (decibéis). O limite para estabelecimentos comerciais é de 70 db das 19h às 22h, e de 55 db das 22h às 7h.

” – As multas variam de R$ 500 a R$ 10 mil. Mesmo após o pagamento, o proprietário não recupera o som. Caso ele não pague, o nome passa a fazer parte da dívida ativa do município” – informou o superintendente municipal do Meio Ambiente, Robson Rodrigues, explicando que o procedimento percorreu dez locais denunciados, entre eles postos de combustíveis, bares e casas de show denunciados.

Poluição sonora lidera ranking de reclamações do 156 em Boa Vista

Dados coletados no início de abril de 2015 pela Prefeitura de Boa Vista mostram que a poluição sonora na região perturba muita gente, sendo a maioria das ligações para a Central Telefônica 156 – aproximadamente cem chamadas são recebidas por dia através do serviço.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *